segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

"É estranho escrever para ti e referir-me a uma pessoa completamente diferente agora, tens a perfeita noção que durante este tempo todo tiveste o meu coração na palma das tuas mãos mas nunca quiseste saber, nunca quiseste tê-lo da forma como tiveste. Já te esqueceste de mim, já não sentes a falta do teu brinquedo cansado que ao longo deste tempo tinha sido eu e sempre eu, comigo sempre brincaste, sempre gozaste. O meu coração está cansado de bater por ti, está cansado de te fazer ver coisas que nunca vais querer ver. Ambos sabemos que eu por ti era capaz de tudo, tu sempre soubeste o valor do meu sentimento por ti, sempre te agarraste a ele porque sabias que nunca irias cair. Sinto agora o teu silêncio carregado e cheio de razão quando eu dizia que iria ficar aqui para sempre, tu sabias que o tempo que ali estava era limitado, tu sabias que irias embora e deixarias me ali, sozinha, à procura da razão de me fazeres prometer coisas que eu sabia que não devia prometer, que até hoje, essa razão não existe. Não me quero fazer acreditar que foste a única pessoa quem eu amei, quem eu respeitei e quem eu admirei até ao último pedacinho de tempo que aqui tentei ficar. As «cartas» todas que te escrevi até hoje, não sei se as guarde ou se as queime, não sei se elas têm lógica ficar, visto que tu partiste. Hoje sinto aquilo que jurei não sentir nunca, sinto que tu foste e serás a pessoa mais importante na minha vida, o meu sonho, a caixinha secreta do meu coração e o meu porto de abrigo, mas eu também tenho de partir, não posso ficar aqui, o meu amor por ti não consegue superar tudo, apesar de ser grande já é velho e frágil. Todos os segundos até hoje eu quis fazê-lo permanecer, permanecer aqui, no meio de mim e do vazio, do vazio que deixaste, mas vejo agora que mesmo que seja só eu a lutar, não basta, não basta apenas um lado para conseguir fazer sobreviver um amor mal começado e quase mal acabado. Agora basta só um suspiro teu para destruir a casa que ao longo de tanto tempo eu tentei construir para ti. "

Autor desconhecido !

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto
Lisboa, Portugal
Portugal/Angola contacto : soraiamangoloves@hotmail.com