quarta-feira, 15 de setembro de 2010

um dia, “it’s too late”







Um dia, tu vais querer voltar. Vais querer voltar, e eu não vou querer o teu regresso. Vais perguntar-me quem é que esteve ao meu lado, me apoiou e riu comigo; e eu vou-te perguntar onde é que tu tinhas a cabeça quando te estendi a mão para te apoiar e tu não quiseste; quando eu quis lutar por nós e tu me ignoraste, me puseste de parte como se nunca tivesse sido importante para ti e me deitaste fora como um brinquedo gasto e inútil a ocupar espaço na prateleira. Um dia, tu vais querer o brinquedo de novo; mas não o vais ter de mão beijada para o espezinhares e deitares fora mais uma vez. Vais me querer de volta e vais sentir que te fugi como areia por entre os dedos e estou muito além do teu alcance: onde não me poderás voltar a desiludir. Vais pedir desculpas por tudo o que já fizeste e disseste, e eu vou-te ignorar como tu estás a fazer agora. Vou dizer-te tudo o que ficou por dizer, gritar, chorar; dizer-te quanta importância te dei e o quanto isso não me serviu de nada. E aí, tu vais perguntar-me onde está a Soraia de sempre, e eu vou perguntar-te se gostas das consequências dos actos que estás a ter.

Seguidores

Acerca de mim

A minha foto
Lisboa, Portugal
Portugal/Angola contacto : soraiamangoloves@hotmail.com